Páginas

sábado, 26 de março de 2016

Austria - Gastronomia

Olá,

A gastronomia na Austria é como uma mistura dos antepassados eslovacos, checos, húngaros... Quem vem cá tem de provar o famoso Wiener Schnitzel, traduzindo seria um escalope à moda de Viena, que é um panado muito saboroso com um certo sabor amanteigado. Servido com batatas fritas e molhos. Aqui dava para engordar muito rapidamente! A comida é muito calórica... Hambúrguer, pizza, salsichas, pão, queijos, geleias e muito mais.





A juntar a este famoso prato temos uma sobremesa muito importante também, que eu vejo em todas as cartas: Apple Strudel, que basicamente é maçã crocante e derretida por dentro, que vem com um molho super doce de baunilha. Nas estâncias existem vários restaurantes e com vistas maravilhosas. Por exemplo existe uma mesmo ao lado do hotel que serve presunto com pequenos pedaços de pão e dois shots. Não bebi os shots e até posso dizer que nesse dia morri de calor lá... Estava na esplanada e um sol abrasador estava a dar cabo de mim, por isso beber seria para esquecer. Outro Restaurante foi Luis Alm também numa das pistas, que tem comida optima. E os cafés lá são excelentes. Sou super esquisita com cafés e para mim não são todos iguais. Muito menos no estrangeiro! 


Em Saalbach, no centro, tem também uma quantidade de espaços giros para visitar, com o mesmo estilo de comida. Não me recordo do nome de um restaurante que fui lá algumas vezes, mas os hamburguers lá eram mesmo bons, com imensas coisas dentro, bacon crocante e delicioso. Em geral a comida é boa, mas tudo praticamente igual. Para beber? Vinho, água ou coca-cola. Tirem da cabeça o Ice tea para quem gosta... Cada vez que pedia algo assim serviam-me literalmente chá gelado... Por isso, desisti e bebi muita coca-cola! (shame on m-e!) A terminar a refeição podem sempre pedir um café (double expresso é sempre a melhor escolha). E de manhã, nada como um chocolate quente. Aqui o pequeno-almoço é maravilhoso. Existem vários sumos, leite, iogurte natural com fruta ou sem fruta, com sabores, umas 7 variedades de cereais, bacon, ovos mexidos, waffles, uns 5 sabores diferentes de compota, fiambre, presunto, queijo, café, cappuccino, leite, bolo, enfim... Uma quantidade enorme de comida para os mais esfomeados! Afinal o pequeno-almoço é a refeição mais importante do dia. 

Espero que tenham gostado de conhecer um pouco do que se come por aqui... Eu gostei! :-)

EDIT /// CALMA!! Tive de voltar a editar a publicação porque quase me esquecia de referir o quão bom é o café ''Afro coffee'' O-M-G!!! Muito bom! Até comprei uma embalagem para trazer para Portugal! 

sexta-feira, 25 de março de 2016

Saalbach - Austria welcomes you

Olá, 


Bem vou tentar resumir um pouco desta estadia de 7 dias em Austria, mais concretamente Saalbach. Primeiro que tudo, isto é só mesmo para quem gosta de neve. Tem uma paisagem linda, branca, com imensas pistas. Tive ainda a sorte de ver never, com uma grande intensidade. Mas o frio é mesmo terrível, tem de se gostar minimamente... E eu, gostei! 

Esta zona de Austria está prestes a encerrar para depois reabrir para a época de Verão, mas para quem ainda quiser vir, tem duas semanas! Especialmente os amantes de ski vão adorar... Pistas azuis, encarnadas ou pretas, tem todas, consoante o vosso nível! Tem aulas, material de ski, podem comprar os vossos SkiPass nos hotéis, incluindo ao pacote de estadia. 


O Hotel onde ficámos foi o Marten Hotel. Posso garantir-vos que cá dentro parece Verão. O chão é aquecido e isso faz uma diferença descomunal. Está sempre tanto calor aqui dentro que eu ando com um vestido e nem sinto frio, sinto-me optima. O Hotel tem spa e está mesmo ao lado de uma das pistas. Tem uma decoração acolhedora, com tapetes de pêlo brancos, veados em prata, velas, uma lareira, um terraço que aproveitei para beber um café nos dias de sol... Maravilhoso! E tem um cão que anda por aqui... Super querido. Não é o primeiro que vejo em espaços interiores e isso é maravilhoso, pois eles merecem partilhar o espaço connosco. O Hotel tem ainda solário e no que toca a banho turco e sauna, os próprios residentes daqui e outros de Países do Norte depois de saírem do banho turco ou sauna vão para a neve só enrolados numa toalha e esfregam neve na pele, pois faz bem! Um ponto positivo também é a água daqui! Meu Deus, esta água é melhor do que boa! Para começar o meu cabelo nem precisa de condicionador... Em Lisboa eu lavo o cabelo e preciso de condicionador e gotas para ficar bom. Aqui não! Basta lavar com shampoo e secar! E acreditem que quem tem cabelos pintados geralmente precisa sempre de condicionador ou máscara. Além do banho, o que noto é que a água da torneira é super fresca e boa. Parece mesmo de garrafa. Acreditem que é excelente, afinal estamos na montanha.




A parte chata de tudo isto é que os horários aqui são complicados. As pistas como sabem não podem ter horários alargados, por isso encerram às 17h, se bem que às 16:30h já está tudo a pensar fechar e tirem a ideia da cabeça de subirem mais uma vez no teleférico. Os jantares começam as 18h, sim! Começam super cedo e terminam às 20h. Pelo menos neste hotel... Já nos restaurantes, eles normalmente também não gostam de alargar para lá das 23h, sendo que a cozinha fecha geralmente às 22h. Mais ou menos um regime. Confesso que esperava um pouquinho mais de flexibilidade... Mas nem sempre é fácil. Neste Hotel até que o são, mas em geral, fazem cara de maus e servem de má vontade quando o horário se estende. No entanto noutro post falarei um pouco sobre gastronomia por aqui... Em geral, considero que vale a pena visitar Saalbach. Além de ser um espaço bonito, com vistas fabulosas, irão gostar. Para quem não esquiar pode ser visitar vários sítios. O Bus do ski custa quase 5 euros, durante um dia. Os teleféricos custam cerca de 10 euros por pessoa, ida e volta. O bilhete em si custa 2 euros e se quiserem devolver o mesmo recebem esse valor. Os táxis aqui para uma distância curta são 20 euros (na minha opinião são caros!). A comida não é tão cara, mas como disse falarei noutro post. 


sexta-feira, 18 de março de 2016

Viajar

A verdadeira arte de viajar... A gente sempre deve sair à rua como quem foge de casa, Como se estivessem abertos diante de nós todos os caminhos do mundo. Não importa que os compromissos, as obrigações, estejam ali... Chegamos de muito longe, de alma aberta e o coração cantando! Mário Quintana

Cabo Vede


Porque viajar é um investimento óptimo para a nossa mente. É como gastar dinheiro mas esse mesmo dinheiro trazer um grande retorno. Como já referi várias vezes, tenho uma lista de objectivos no qual me tento focar ao máximo. A mente é um instrumento forte e com ela conseguimos tudo o que queremos! Um dos milhentos objectivos que tenho é ''viajar pelo menos uma vez por ano''. Viajar para fora.. Não basta apenas conhecermos o que existe cá! Temos de estar preparados para conhecer novas culturas, novas maneiras de ser. 

Senegal

Lembro-me perfeitamente como se fosse hoje da minha viagem ao Senegal, com 18 anos. Estava curiosa mas com receio. Fiquei dois meses e pouco, salvo erro... Foi um choque toda aquela realidade. Mas mudou em mim a forma de ver tudo. 

Senegal
Aquela marginal imensa onde dava grandes passeios, com um mar fundido com o pôr-do-sol... As ruas sempre com  várias pessoas, muito trânsito, senhoras a carregar mil e uma coisas... 



Já Cabo Verde demonstrou-me a simplicidade da felicidade. Todas as crianças pareciam alegres a brincar, mesmo com tão pouco. As pessoas sorriam só porque sim. Estavam felizes com uma boa cara! Parecia tudo mais calmo, tanto faz, seja como tiver de ser. Adorei não só pela beleza das praias, peixe óptimo, como também pelas pessoas. Fiz uma visita à Ilha (pequena) e goste muito da serenidade da mesma. 
Enfim... Destinos há muitos, já viajei mais do que isto, mas gostei destes em especial. Quando viajamos deixamos que uma nova realidade nos seja apresentada. Isso é tão bom!


Cabo Verde

Cabo Verde
Cabo Verde

New in

Apesar deste tempo horrível que está, ontem fui comprar umas coisinhas no qual um top para o Verão. Com os ombros descobertos e com uma cor azul clarinho. Também comprei uma carteira na Parfois com a mesma cor. Para quem quiser comprar o top encontra-se na H&M e o melhor é que oferecem um vale de 5€ para depois gastarem! 
Comprei também uns produtos na Shepora incluindo uma máscara para a cara, com a embalagem encarnada que é para a pele cansada, pessoas com olheiras, fadiga... Confesso que não gostei. Primeiro porque a máscara é super húmida e começa a descolar facilmente, depois pinga... Resultado: aguentei uns 5 minutos e tirei logo. 


terça-feira, 15 de março de 2016

Perfumes

O perfume de uma mulher diz mais sobre ela do que sua escrita. (Christian Dior)

Eu adoro perfumes! Por mim, se pudesse comprava uns 50 para ter em casa e trocar todos os dias. 

Hoje venho falar-vos do perfume La vie est belle da Lancôme. Este em específico tem um cheiro mais intenso, muito bom! Não posso dizer que é perfume de Inverno, nem de Verão... É óptimo pois dura um dia inteiro, sem ter de retocar. Fiquei fã!

Mais alguém gosta? Contem-me: qual é o vosso perfume preferido?


segunda-feira, 7 de março de 2016

O que queres ser quando cresceres?

Esta pergunta é feita vezes sem conta... Quase desde que me lembro. No outro dia entrei num blog, que vi algures e o post era sobre depressão. A depressão é uma doença silenciosa para os outros, mas uma barulheira para quem a vive! E o mesmo começou quando essa pessoa mudou de cidade e foi para a Faculdade. Pressão, o facto de estar longe de casa, talvez o curso que não fosse o desejado (não sei, digo eu)... E quando ''levemente '' decidimos o nosso curso, decidimos um futuro. Futuro esse que pode ser alterado, claro. Portanto quando aos 18 anos tive de optar pelo que queria... foi um desastre! Não sabia... Estive em três cursos diferentes, dois deles na faculdade, outro um curso profissional, que era pago e não financiado pelo Estado. Um curso privado que dava equivalência e tinha estágio. Acabei por não o terminar, porque arranjei uma proposta de trabalho fora na área que gosto. Mas primeiro que soubesse o que queria... Veio a frustração. Parecia que nada era o que queria. Nada me deixava feliz. E quando nós somos bons a fazer algo nunca o devemos fazer grátis! Se és bom programador, não o faças de graça. Se és bom a escrever, não o deves fazer grátis. Se és bom a pintar, idem aspas. Claro que para nós próprios podemos fazê-lo. Um blog, por exemplo, para muitas pessoas pode ser um trabalho, para outras um hobby. Eu levo isto como um hobby, até porque tenho consciência que não sou excelente nisto. Não assumo a responsabilidade de o fazer sempre. Faço quando quero, porque quando faço é por gosto, porque tenho vontade de publicar coisas. Não o faço por obrigação. Gosto de divagar na internet... Horas e horas a ver imagens de lifestyle, moda, maquilhagem... Gosto de escrever aqui (mas sem inspiração não escrevo!). Mas esta não é a minha vocação. Se me perguntarem se gostava de fazer disto vida: claro. Não me importava de escrever, procurar sempre imagens, investir em marketing para o blog, ter parcerias, visitar espaços, tirar fotografias, escrever artigos de opinião, viajar pelo Mundo. Era bonito sim, já o faço desde há muito muito tempo, mas nada numa escala grande. Já tive vários blogs e este foi o único que seguiu em frente. 



Mas o que gosto mesmo é de Restauração! Para mim é apaixonante o movimento que tem, o que está por trás, mise en place, reservas, gestão do mesmo, a forma como tudo muda rapidamente, o efeito surpresa, lidar com o stress, correria, receber os convidados. E esse gosto não se aprende. Nasce connosco. Não me formei academicamente, mas já tive alguma experiência, inclusive no estrangeiro. E o que vejo cá, particularmente, é que as pessoas quase são forçadas a ir para a Faculdade. Seguem um curso, sem saber bem, porque se tem de tirar um curso, porque é ''tendência'', porque os pais querem. Somos quase obrigados, porque ''vamos ter um futuro'' melhor. Atenção: isto não é assim com todas as pessoas (obvio!!!), mas com uma parte. Hoje em dia um curso profissional e experiência podem ser a chave. Já conheci tantas pessoas bem sucedidas, a ganharem muito mais do que cá, sem qualquer curso, a gerirem um grande espaço. Porque começaram do zero e foram evoluindo. Também confesso que a flexibilidade lá fora é diferente. Devia abandonar-se essa ideia de que a formação académica é tudo. Porque afinal, formação académica, estagiar de borla (desculpem mas sim!) e tentarem encontrar algo dentro da sua área, que depois acaba por nem sempre se concretizar. Devia haver mais abertura mental para as pessoas poderem fazer o que quisessem. Hoje em dia tanta pressão é colocada sobre cada pessoa que somos quase forçados a algo! Não pode ser assim.. Temos de descobrir o que somos mesmo bons e sim procurar oportunidades. Mostrar a nossa força de vontade de vencer, o nosso talento, a nossa capacidade de aprender rapidamente. 

Todos nós conseguimos atingir os nossos sonhos, basta apenas ter a certeza do que queremos e lutar por isso! E o que queremos ser é o que fazemos sem esforço. Acordar nem que seja às 6 h para ir trabalhar não é um esforço horrível quando se gosta. E esta historia de não saber o que se quer é tão comum nos 18 como nos 40. Nunca é tarde para mudar. Quantas pessoas trabalhavam num escritório, fechadas, quando no fundo o que queriam era ser criativas, ter um negocio onde pudessem criar? Tudo pode mudar. Basta primeiro saber a nossa vocação e depois ter muita força de vontade, sem desistir! 


Spring it's almost here

Spring it's almost here


Trend alert!

Uma das tendências para a próxima estação são os ombros descobertos. Seja uma blusa ou um vestido. Ideal para o verão, certamente, quando a pele já está bronzeada! Estou completamente fã. Optei por não colocar o exemplar da Zara (que é lindo de morrer, mas já está em todo o lado). 

One of the next trends are ''off the shoulder''! Exactly, free your shoulders and let them shine! I'm totally in love with this trend. Cant wait to be tanned during summer and put my off the shoulder top! 






sábado, 5 de março de 2016

Moroccan flavour...

A cor quente do deserto, os amarelos, laranjas, encarnados e os azuis... Quase que pode haver semelhança com algumas coisas em Portugal. Uma cultura bonita, um País maravilhoso. 





sexta-feira, 4 de março de 2016

Cuidados diários a ter com a pele

Olá a todas. 

A pele é o nosso maior órgão do corpo e como tal devemos dar-lhe a devida importância. Não basta apenas remover a maquilhagem à noite com toalhitas desmaquilhantes. Uma vez que cada vez mais o Verão se aproxima será importante relembrar o uso de protector solar, mas além disso é muito importante evitar a própria exposição ao sol nas horas de maior calor. Tenho a certeza que conseguem manter um bronze invejável indo sempre a partir das 16 horas. 



Durante o dia, quando acordam devem tomar o vosso banho e depois retirar os restos de maquilhagem que possam surgir. Mesmo que tenham tirado na noite anterior, podem ficar sempre alguns vestígios de rimel ou algo do género. De seguida devem fazer uma esfoliação. Não só para retirar as peles mortas, toxinas e tudo mais, mas também porque a pele precisa ficar limpa e pronta para receber o tónico. O tónico deve ser aplicado no algodão e depois na cara. Ou se preferirem podem colocar nas mãos e depois cara. Mas o indicado é não colocar nas mãos.

Depois da pele estar limpar podem colocar um creme de dia, hidratante. Se tiverem a pele oleosa podem optar por um creme para peles oleosas, que certamente vos dará o efeito desejado. Se quiserem aplicar maquilhagem podem aplicar depois destes processos. Este, para mim é o mais simples de todo. 



Antes de se deitarem, tomarem banho e limparem a cara, podem colocar um creme de noite. A esfoliação não deve ser feita todos os dias. Podem fazer 3 vezes por semana, por exemplo. E sempre que usarem cremes usem uma espátula para colocar o mesmo na vossa cara, para não alterar os componentes do creme, nem o ph do mesmo.

Para quem quiser um esfoliante aconselho este: aqui. Para quem quiser uma dica para deixar a pele macia todos os dias: coloquem um pouco de açúcar na vossa mão, com gel de banho e passem pelo corpo suavemente. Depois passem por água. A esfoliação em si, com produtos bons, como o caso do Body Blendez da Shy To Buy, podem fazer 2 a 3 vezes por semana. Vantagens: ajudam na circulação do sangue, removem células mortas, ajuda a combater a celulite. 

Pequenos processos diários farão a diferença na vossa pele. Ficará macia, sem muitas rugas e saudável.

Casual Day

Casual Day